A DIETA DO TEMPO

A gestão do tempo é parecida com o as promessas de início de ano. Depois de muitos brindes, fazemos muitas promessas, que geralmente não cumprimos… Começar a academia, aprender inglês ou fazer aquele regime que sempre começa na segunda e dura até terça ou quarta feira…

Afinal, já que eu “saí da linha” melhor começar de novo, na próxima semana, mês, ano…

Com a gestão do tempo (pessoal ou profissional) acontece a mesma coisa: muita gente já fez algum curso e sabe o que fazer, mas.. Não faz!

Muito disso vem do fato de que sendo diferentes, não temos os mesmos hábitos, e isso quase nunca é considerado quando se propõe ferramentas para administrar o tempo.

Pensando nisso, criamos dietas personalizadas que “emagrecem” as dificuldades, “fortalecem” a vontade e só “engordam” resultados.

Hoje vamos mostrar os “Grupos de Risco”. Você, conhecendo o seu jeito de ser, descobre seu perfil e recebe sua receita na hora… É A SUA RECEITA DE DIETA PERSONALIZADA DO TEMPO!

Abaixo várias receitas para você escolher sua dieta personalizada, saber o número de calorias que têm “engordado” os desperdícios e “emagrecido” seu tempo.

Ela traz seu perfil, seus hábitos, os sintomas do que faz você perder a forma do seu tempo e, claro, sua receita individual.

PERFIL DESAFIADOR: HÁBITOS SINTOMAS RECEITA PARA SUA DIETA

Hábitos:

  • Procura vencer sempre, inclusive a si mesmo;
  • Constrói ambientes competitivos;
  • Quer sempre provar ser o melhor e capaz de fazer muitas tarefas ao mesmo tempo;
  • Não gosta de perder tempo e faz tudo o mais rapidamente possível para ele.

Sintomas:

  • Pode terminar rapidamente as tarefas e ter que refazê-las por não estarem completas ou apresentar erros;
  • Pode se comprometer com várias tarefas, iniciá-las e não terminar nenhuma, o que irá impactar seu tempo e do meio;
  • Por ser ansioso, pode iniciar ou terminar tarefas prematuramente;
  • Confunde “pressa com agilidade”.

Receita para sua dieta:

  • Foque em sua meta/objetivo a longo prazo: aprenda que ter a visão do todo, significa não só a figura imediata da situação;
  • Não tente burlar alguns passos ou desconsiderar procedimentos. Caso contrário pode haver retrabalho;
  • Quando estiver fazendo muita coisa ao mesmo tempo, pare, respire e volte ao objetivo inicial da tarefa. O que está ocupando seu tempo pode não ser relevante ou em alguns casos, pode ser delegado.

MAIOR REMÉDIO

Prescrições:

  • Autoconhecimento e detecção das suas fontes de perda de tempo mais recorrentes, para combatê-las. Isso é um exercício que requer disciplina: deixar de fazer o que gosta e como gosta é sempre um desafio!

 

PERFIL CATALISADOR: HÁBITOS SINTOMAS RECEITA PARA SUA DIETA 

Hábitos:

  • Procura ser o centro das atenções;
  • Constrói ao seu redor ambientes alegres;
  • Tem orgulho de conseguir vantagens sempre e de saber “enrolar” como ninguém…
  • Gosta de iniciar ações mas acha tedioso completá-las.

Sintomas:

  • Leva muito tempo falando de si e suas conquistas, citando-as como exemplo a ser seguido;
  • Pode tomar decisões apressadas e emotivas e voltar atrás, para não perder a admiração do meio;
  • Como “não ouve”, nem sempre entende o que se deseja dele, confundindo os resultados ou refazendo a tarefa.

Receita para sua dieta:

  • Prepare-se para ouvir o outro. “Treine” seu cérebro para achar algo de interessante na fala de seu interlocutor e faça perguntas sobre isso (ATENÇÃO: São perguntas quase retóricas, não para checar a veracidade do que está sendo dito, mas para você fixar-se no foco dele);
  • Quando perceber que está “enrolando”, pare – isso não é um hábito saudável, nem motivo de orgulho…
  • Comece a “contar” quantas vezes você desperdiçou tempo saindo do foco, falando de suas experiência. Tente reduzir essa marca!
  • Foque nos aspectos positivos de seus interlocutores: você não é o único a “saber das coisas”

MAIOR REMÉDIO

Prescrição:

  • Audição Inteligente (pesquise em nosso blog).

 

 

PERFIL ACOMODADOR: HÁBITOS SINTOMAS RECEITA PARA SUA DIETA

Hábitos:

  • Procura acomodar as situações dentro de sua rotina, de suas necessidades;
  • Constrói ambientes sossegados;
  • Tem orgulho de conseguir se manter calmo e não se deixar levar pela loucura e correria dos dias de hoje;
  • Não vê o relógio como um guia de seus afazeres: faz suas coisas no seu tempo;
  • É adepto a “dar uma arejada”, sempre que a situação for desafiadora;
  • Perfeccionista: se for confrontado ou pressionado para agilizar sua atuação, pode se estressar e não cumprir a tarefa, por acreditar que ela não sairá perfeita;
  • Tem a tendência de teorizar mais do que realizar.

Sintomas:

  • Pode se tornar um procrastinador recorrente;
  • Pode perder prazos de entrega e se atrasar para os mais variados compromissos, achando isso natural, pode acontecer…
  • Pode evitar decisões sob pressão, se tornar emotivo e permissivo, perdendo a objetividade.

Receita para sua dieta:

  • O primeiro passo é conscientizar-se de que deve mudar sua visão do tempo: ele não é só seu e desperdiçando-o desperdiçará o de muita gente ao seu redor;
  • Discipline-se: quando se planejar, comece a fazê-lo meia hora antes do que você calcular ser necessário;
  • Comece a “contar” quantas vezes você se atrasa e coloque como meta a conquista de redução;
  • Mostre ao meio que está se conscientizando da importância de estar presente quando combinado, qualquer que seja a ocasião.

MAIOR REMÉDIO

Prescrições:

  • Experiência com Agenda/Lista de Afazeres diários;
  • Pense em tudo o que fez ontem e anote o tempo que planejou para cada tarefa e o quanto tempo levou;
  • Se somadas consumirem mais que o tempo planejado, calcule de quanto foi a perda;
  • Essa deverá ser sua média de perda de tempo;
  • Depois verifique o que aparece como mas significativo e…comece a agir diferente!

 

 

PERFIL CONCILIADOR: HÁBITOS SINTOMAS RECEITA PARA SUA DIETA 

Hábitos:

  • Procura ser aceito e agradar;
  • Constrói ambientes amigáveis;
  • Tem orgulho de ser apreciado e ter amigos fiéis;
  • Busca conciliar todos os interesses, mesmos os conflitantes;
  • Quase sempre abre mão de algo por alguém, inclusive do seu tempo;
  • Não gosta de dizer não, por isso pode aceitar muitas tarefas ao mesmo tempo, afetando sua produtividade;
  • Não gosta de colocar a tarefa acima do ser humano.

Sintomas:

  • Pode evitar tomar decisões por não querer antagonizar ninguém: por isso pode adiá-las;
  • Com isso pode perder a credibilidade por ficar muito “em cima do muro”;
  • Pode delegar e reassumir a tarefa ou ainda fazer junto com o outro essa tarefa;
  • Com tudo isso pode perder a objetividade, acreditando que pode “esticar o tempo”.

NOTA: Se for muito pressionado ou acuado diante de uma decisão ou situação antagônica pode “explodir”. Lembra o ditado: Dou um boi para não entrar na briga mas uma boiada para não sair dela.

Receita para sua dieta:

  • O primeiro passo é focar na sua meta;
  • Estabeleça uma evidência básica para mostrar o que significa alcançar a meta;
  • Tente descobrir quem dos interlocutores ameaça seu alcance da meta (seja por não gostar ou mesmo gostar dele);
  • Estude os perfil e estilos pessoais e as melhores tratativas para cada um, inclusive para dizer não;
  • Faça uma “linha do tempo”: avalie quanto tempo cada tarefa vai levar. Não presuma: compare com as perdas de tempo do passado;
  • Essa linha do tempo feita depois do seu dia de trabalho, pode mostrar quais desperdiçadores de tempo impactaram seus resultados e que tipo de coisas você tende a adiar.

MAIOR REMÉDIO

Prescrições:

Descubra o seu estilo pessoal e o de seu interlocutor e saiba quais as melhores tratativas para interações pessoais e profissionais, inclusive as negativas; estude a aplique a ferramenta dos feedbacks de oportunidade.

NOTA:

Cuidado: para satisfazer sua necessidade de aceitação social, você pode escolher lidar com questões periféricas, à sua meta. Seja firme e foque as questões centrais e seu objetivo final.