(011) 3845-7417 / FONE e WhatsApp (011) 9 7150-5915 inmind@inmind.com.br

1) Demonstra regularmente que admira sua equipe

Insiste em conhecer seus colaboradores. Demonstra reconhecer os principais talentos de cada um. O reconhecimento é  uma alavanca para a superação.

2) Sonha e deixa sonhar…

Mesmo que sua experiência já tenha demonstrado que alguns sonhos são difíceis de realizar, não impede os seus sonhos e os de seus colaboradores. Os sonhos (mesmo os que não dão certo) são o melhor “combustível” da inovação.

3) Ajuda a equipe a “escalar montanhas”

Investe na ampliação do conhecimento (seu e da equipe) e das chances para se arriscarem com novas ideias e projetos. A evolução passa por elas.

4) Permite as “lições aprendidas”

Claro que os erros devem ser evitados a todo custo. Mas criar um ambiente  restritivo à experimentação, não trará lições a aprender, nem possibilidade de evoluir. Só faz quem se arrisca a errar.

5) Faz sua equipe feliz

Ter uma lista de atividades lúdicas e incluí-las no planejamento mensal do trabalho revigora os ânimos e aumenta a possibilidade de excelência na performance.

6) Pensa positivo e fala positivamente

O líder é responsável pelo “moral da tropa”. Mesmo tendo que “filtrar” algumas  situações, lidar com informações confidenciais e com incertezas na empresa, ele precisa agir e falar da forma a manter as expectativas positivas do time.  Se mostrar-se debilitado, o ânimo da equipe “despenca”. Afinal toda e qualquer situação tem alguma coisa que  pode ser potencialmente boa (regra dos 101%)

7) Examina seu “radar crítico” com frequência

Para manter o equilíbrio e as atitudes positivas, conhecer seus limitadores, é o primeiro passo para superá-los. Não se deixa o monstro crescer a ponto de não poder controlá-lo. Saber seus pontos de atenção antes que os outros os descubram é a melhor estratégia.

8) Sabe que reclamações só bloqueiam a capacidade de “enxergar mais longe”

Nosso cérebro “acredita” em nós… Se dissermos que o dia está péssimo ou que algo não tem solução, ele vai mostrar mil maneiras para provar que estamos certo. Vai focar só as ameaças e não as oportunidades. A saída é trocar as lamentações por gratidão antecipada por  acreditar que é possível achar uma saída.

Acha impossível? Então seu cérebro vai “parar de pensar” no assunto e “jogar a toalha”…

9) Entende que a forma de comunicação faz as metas parecerem mais ou menos difíceis

Metas fáceis não são motivadoras… Se as mais difíceis forem apresentadas à equipe como desafios interessantes e não perigosos, todos se tornarão mais motivados para superá-los. Além disso dividir o problema  para conquistá-lo é sempre uma boa estratégia – fica mais fácil visualizar as possibilidades de solução.

10)  Defende sua equipe. Ela representa seus interesses na empresa

Erros são muito mais divulgados que acertos, tanto na vida pessoal quanto na profissional. É importante divulgar as conquistas do time na empresa.  Se erros forem cometidos  a responsabilidade não é somente da equipe – assumindo isso, o líder ganha mais admiração e respeito.

11) Defende posturas inclusivas e relações sustentáveis

Quem lidera  pelo exemplo, tem que tomar cuidado com suas  manifestações – é preciso ser a mudança que se quer ver acontecer.  Além disso como obter inovações sem  diferentes “cabeças pensantes”?  As diferenças costumam dar resultados criativos e inovadores.

12) Comemora as conquistas grandes e pequenas

É importante ter a consciência dos bons resultados obtidos. Comemorá-los energiza e motiva. Afinal os profissionais passam mais tempo na empresa que fora dela…